terça-feira, 22 de setembro de 2015

Baladinha Pré Feriado (Por Sra Morango)

Em uma noite fria, resolvemos conhecer nova Baladinha Liberal - a Ápice Club, pois estamos a algum tempo fora do meio e resolvemos voltar, mas em novos locais.
No dia anterior, mandamos e-mail para reserva de mesa e dentro de alguns minutos, já recebemos a confirmação. Já gostamos do retorno rápido.
No sábado, comentamos sobre como deveria ser a casa, se estaria cheia ou vazia devido ao feriado prolongado, se era grande ou pequena e o tipo de pessoas que frequentariam. Ficamos ansiosos. A noite, jantamos, tomamos banho e começamos a nos arrumar. Como a noite estava meio fria, ficamos em dúvida de qual roupa iríamos (principalmente eu). Estava certa de que iria de vestidinho branco curto e aberto nas costas, mas e nas pernas????? Resolvi experimentar uma meia 7/8 arrastão que eu havia comprado a algum tempo, porém, não havia servido devido a grossura das pernas. Como emagreci, as meias ficaram ótimas. Com relação ao sapato foi outra dúvida, pois fraturei o dedinho do pé a pouco tempo e ainda não estava 100% para colocar salto. Mesmo assim, quis arriscar e coloquei um sapato de salto Anabela que ficou show na combinação com a meia e o vestido.
Chegando à casa, fomos muito bem recebidos pela hostess. Ela nos apresentou a casa, mostrou onde eram os lugares que ela achava ser mais Top e nos levou à nossa mesa. Gostamos muito da localização, pois era ao lado do DJ e na ponta da pista.
Como o show dos strippers iria começar somente à 01:00 da manhã, ficamos sentados observando quem chegava e quem passava. Pedimos 02 sucos a princípio para molhar a garganta e segurar a mesa, ao terminar, fomos dar umas voltinhas pela casa para nos localizarmos sozinhos.
Gostamos muito do Labirinto, da sala de Casais com  poste de Pole Dance e uma sala na qual havia uma parede de vidro inde era possível ver quem estava do outro lado (a imaginação já começou a trabalhar rsrsrs).
Voltamos para nossa mesa próximo das apresentações começarem, quando o stripper masculino entrou e começou a sensualizar com a dança, a Hostess veio até nós e perguntou se eu queria dançar com ele, respondi que não, pois sou tímida e ela me questionou se ele me chamasse eu iria, respondi que talvez, ela não perdeu tempo e falou para o stripper me chamar depois. Fiquei sem graça, mas, já que estávamos lá, vamos aproveitar. Não demorou muito e o stripper me tirou pra dançar, ele pediu que eu o secasse e depois me colocou com as mãos pra cima na parede e o bumbum empinado, ele se esfregou em mim e me arrastou para a barra de Pole Dance, começou a levantar meu vestido e quando achei que ficaria somente nisso, ele tirou o vestido todo. Ao perceber que a minha calcinha era de amarrar do lado, quis se aproveitar mais um pouco dizendo que eu ainda estava com muita roupa, chamou o Sr Morango para que pudessem tirá-la também. Ambos desataram os nós com os dentes e me deixaram nua apenas de meia para todos verem. Fiquei morrendo de vergonha, mas tentei ficar a vontade. Ele me pegou no colo, me rodou e me deitou em seu colo, passando a mão por todo meu corpo e depois me devolveu ao Sr Morango.
No show de stripper feminino, ela começou deitando em meu colo e depois retirou o Sr Morango para sensualizar com ele. Colocou-o na barra com as mãos para trás, escalou o corpo dele e deu uma chave de coxa em seu pescoço e ficou esfregando a xaninha em sua cara.
Depois ela me tirou e ficou se esfregando em mim e fazendo com que minhas mãos deslizassem pelo corpo dela, inclusive, dentro da calcinha.
Após a finalização do show, pedimos uma ISIS (morango, leite condensado e saque) e depois fomos para a caça.
Fomos novamente andar pela casa para ver se encontrávamos alguma ação ou alguém que prendesse nossa atenção. Ficamos em uma sala coletiva onde alguns casais transavam e comecei a chupar o Sr Morango, isso fez com que chamasse a atenção de alguns singles que estavam no local, comecei a sentir algumas mãos me pegando e continuei o que estava fazendo. Como era só o começo, levantamos e fomos andar mais um pouco. A partir daí, os singles viraram nossas sombras, onde parávamos, lá estavam eles.
Paramos em uma sala que estava vazia e novamente comecei a chupar o Sr Morango, de repente, sinto mãos passando pelo meu corpo, alisando minha xaninha, bocas tentando abocanhar meus seios e pirocas esfregando em meu rosto querendo ser chupadas também.
Comecei a revezar a chupada entre uma piroca e outra e as mãos punhetando mais algumas. Quando percebi que estavam perto do gozo, parei, me levantei e sai da sala.
Perto do final da noite, paramos no cinema e o Sr Morango começou a me chupar e depois quis que eu continuasse me siriricando para ele me assistir. Após gozar e ficar molinha no sofá, um negão sentou ao meu lado de piroca dura e o Sr Morango me fez chupá-lo e depois cavalgar gostoso. Ele pirou quando sentei e gozou rápido. Achávamos que aquele negão não iria dar conta, pois havia gozado rápido. Só que após alguns minutos, aquela piroca voltou a crescer e ficar dura na minha frente ao ver o Sr Morango me fazendo gozar com a língua. O Sr Morango novamente me ordenou que eu ficasse de 4 no sofá para receber aquela rola nova e grande na minha xaninha. Ele metia com uma pegada firme, me fazendo gritar de tesão (meus gritos estavam concorrendo com o da atriz do filme que passava) que atraiu a atenção até do segurança da casa que ficou espiando de "meia esquina". Como o sofá estava andando muito, ficamos com medo de quebrá-lo e fomos para uma cama que havia na sala ao lado. Novamente aquele negão de pica armada me pegou de 4 fudendo com força, depois me deitou de bruços e enquanto ele metia, o Sr Morango me deu a pica melada de tesão pra chupar, não sabia se gritava de tesão ou chupava o pau. Depois me colocou de lado e voltou a socar com força até eu gozar. Nessa altura do campeonato, o segurança já estava  de pau duro e nos acompanhando também para ver a cena.
Ao sairmos, deixamos nosso amigo deitado na cama todo ofegando (ficamos preocupado depois, com medo dele bater as botas rsrsrs), mas precisava ir ao banheiro e fomos embora da sala. Ao sair do banheiro, encontrei o segurança tarado conversando com o Sr Morango e perguntei à ele como eles conseguiam resistir a tanta putaria rolando na casa e ficarem sossegados. Ele me disse que sempre ficava cheio de tesão e que ficou com vontade de me provar, eu disse que iria o procurar ele quando estivesse de folga para uma brincadeira legal.
Nos despedimos e fomos embora. Ao chegarmos em casa, o Sr Morango disse que iria querer verificar o estrago que aquela piroca havia feito na minha xaninha que estava inchada de tanto fuder. Sentei em seu rosto e comecei a receber linguadas que me faziam arrepiar inteira cada vez que encostava no meu grelo que endureceu rapidinho. Gozei mais uma vez na boca dele e agora era a vez dele me comer gostoso, colocando pra fora todo aquele tesão que acumulo durante a noite ao ver outros homens se aproveitando de mim. Gozei na pica do Sr Morango e ele me encheu de leite quentinho finalizando o dia.




4 comentários:

  1. Fico feliz de terem retornado, não sumam mais! O blog de vocês é dos melhores sobre o mundo liberal, extremamente excitante!

    ResponderExcluir
  2. Delícia de Relato!!! Parabéns! E você Sra. Morango uma delícia de mulher!...

    http://contoseroticosesafados.blogspot.com.br/


    B

    ResponderExcluir
  3. Nossa q saudade dos relatos gostosos de vcs. nao sumam novamente. beijos

    ResponderExcluir
  4. Que delícia de relato, moranguinho. Acabei de gozar gostoso pra vc, fiz uma bela homenagem 😈😈

    ResponderExcluir