domingo, 23 de março de 2014

Visitando o novo amigo em seu escritório

Oi amores! Tudo bem com vocês? Saudades de escrever no blog... Estavamos meio sem tempo mas isso nos deu oportunidade de fazer um monte de coisa gostosa para relatar à todos vocês.

Uma dessas coisas é sobre um amigo do Sr. Morango, que nos seguia em uma rede social de swing no ano passado, ele sempre entrava em contato conosco tanto pela rede social como pelo skype e nunca deu para marcar de nos conhecermos até que acabamos perdendo contato.

Quase um ano depois em uma noite qualquer o Sr. Morango me contou que viu no elevador do prédio onde trabalha esse amigo, eu achei impossivel e ele achou meio improvavel que fosse realmente esse o cara, meu marido encontrou esse amigo mais 2 vezes, mas em nenhum dos momentos o chamou para conversar, mas em contrapartida tentou contato com ele pela internet até conseguir e confirmar que de fato era ele, e para surpresa geral ele trabalha no andar de cima do meu marido.

Pelas fotos eu já sabia que o amigo single era gostoso, mas precisava ver ao vivo e na mesma semana fomos convidados por ele para nos conhecermos em seu escritório. O Sr. Morango marcou tudo com ele, dia e hora.  

Cheguei no andar do meu marido e ficamos esperando o aviso do nosso novo amigo para subir, não demorou muito ele ligou no celular do maridão nos dando "sinal verde" para subirmos, e eu já avisei para o Sr. Morango:

- Vamos lá apenas para conhece-lo, não vai rolar nada demais.

E o Sr. Morango respondeu:

- Tudo bem, faça como você quiser.

Como é apenas um andar de diferença subimos pelas escadas e ao chegarmos ele já nos esperava na porta do escritório, e de fato, ele é bem gostoso ao vivo, vestido de social deu um ar mais sério e elegante à ele.

Entrando no escritório a luz estava relativamente baixa, ele nos ofereceu para sentar no sofá e ele sentou em uma cadeira, nos ofereceu àgua e começamos a conversar sobre a coincidencia de conversar com ele a mais de um ano e ele e meu marido trabalharem no mesmo prédio a um andar apenas de diferença e não saberem. Enquanto a conversa se desenrolava ele foi ficando mais à vontade quanto a suas vestes e sentou ao meu lado, eu então fiquei entre os dois.

Nesse momento minha calcinha já estava molhada, acredito que começou quando começamos a subir as escadas, eu também comecei a ficar à vontade com minhas roupas, estava de calça jeans bem colada, uma blusinha frente única bem decotada e uma blusa de frio, tirei a penas a blusa de frio, nesse momento o nosso amigo até engasgou enquanto conversava com meu marido.

Fui bastante elogiada por ele que se levantou do sofá e ficou um pouco mais a vontade, agora, sem camisa sentou-se no braço do sofá, já dava para perceber o volume do pau duro dentro da calça, aquele clima todo me deixou muito excitada, e curiosa para saber mais sobre aquele volume todo de pau tanto que nem estava mais prestando atenção na conversa. Foi quando ele chegou bem do meu lado, elogiou minha boca, eu agradeci com um sorisso, mas nem deu tempo de agradecer direito e já estavamos nos beijando.

As mãos do nosso amigo estavam bem quentes e foram ao encontro dos meus seios, a minha mão já foi logo naquele volume que me deixou curiosa e pude perceber o quanto o pau dele era grande e grosso (bem mais em relação também ao do meu marido), ele tirou minha blusinha me deixando com os seios de fora, entregue a ele, que não vacilou em beija-los e depois mama-los. Uma das coisas que ele faz muito gostoso é me beijar, ele beijou minha boca, lambeu meu pescoço, chupou meus seios (e como chupou!) me deixando completamente excitada a ponto de nem lembrar que meu marido estava ali do meu lado.

Ele se levantou e tirou a calça e a cueca e foi a minha vez de mostrar que sou boa em mamar também e coloquei aquele instrumento na boca, e que delicia é chupar aquela rola, fiquei alguns minutos assim, mamando e deixando o pau dele bem melado. Depois me levantei, ele beijou minha boca, meu pescoço, me colocou de costas para ele e tirou minha calça, revelando para meu marido a calcinha vermelha que estava estreando olhei para o meu marido e consegui ler em seus lábios ele me chamando de safada porque estava usando uma calcinha nova enquanto falava que não iria rolar nada além de conversa.

Me arrumando para encontrar o amigo novo


Para que vocês entendam a calcinha é vermelha emborrachada, e na parte da frente ela é aberta, apenas tem uma cordinha entrelaçada, confesso a vocês que não é o tipo de calcinha que uma mulher usa quando se tem em mente apenas conversar, mas por outro lado, bem feito pro meu marido que acreditou kkkkkkk. Nosso amigo deitou no sofá eu fiquei por cima e continuei chupando o pau dele, e quanto mais eu chupava mais me dava agua na boca. Mudamos de posição...

Ele sentou, e eu me inclinei por cima dele, meu marido se levantou para ver melhor eu beijando na boca nosso novo amigo, o Morango me colocou no colo dele enquanto eu beijava aquela boca nova, senti o pau dele roçando em mim e pulsando de tão duro que estava, o amigo colocou a camisinha e enfim sentei naquele pau grosso e cavalguei bem gostoso e com muita vontade, foi quando começou a maratona de posições...

O safado metendo com vontade

Cavalguei na rola dele no sofá, depois ele me colocou de quatro, elogiou o meu bumbum, a minha tattoo e meteu com vontade na minha xana, eu como não consigo segurar o tesão já estava gemendo alto, olhava para trás e via o rosto do safado cheio de tesão metendo em mim... Mudamos de posição e fomos para a parte do escritorio e transamos no chão acarpetado, primeiro ele se deitou eu sentei em cima e cavalguei sentindo aquele pau me preenchendo toda, depois fiquei apoiada com uma das pernas em cima de uma das mesas enquanto ele me comia puxando meu cabelo, ate que ele meteu mais rapido e mais rapido, com gemidos cada vez mais alto e enfim gozar, deixando a camisinha bem cheia de leite.

Já tinha passado das 20:00 nos limpamos, colocamos nossas roupas, o Sr. Morango veio cheio de fogo me beijando enquanto me ajudava a colocar minha roupa, mais uma vez me chamando de safada por ter enganado ele, falando que não ia rolar nada enquanto estava preparada para uma trepada.

Na saída trocamos telefones (eu e o single gostoso) nos despedimos e fui embora com meu marido, no dia seguinte conversamos por telefone o quanto a nosso 1º encontro foi gostoso e já planejando o próximo encontro, em paralelo conversava por whats app com meu marido, o nosso novo amigo disse que pediu permissão ao meu marido para que na proxima eu fosse mais cedo, mas como meu marido estaria trabalhando eu disse que não poderia ir, ele então disse que pediu permissão ao Sr. Morango para eu ir sozinha, e o Morangão me deixou a vontade para decidir.

Fiquei com um frio na barriga, até porque nunca tinha saído sem meu marido junto, ainda mais transando no andar de cima enquanto ele trabalhava no debaixo, minhas mãos começaram a suar, começou a dar frio na barriga e respondi:

Ok, aceito a sua proposta, na próxima vez vou sozinha!






7 comentários:

  1. Uhuuu... A morango voltou com tudo. Delicia de relato. So falta um post com fotos dessa maravilha de mulher. Vcs fazem muita falta qdo somem...
    Abracos

    ResponderExcluir
  2. Que delícia. danadinha gostosa. Beijos ass. EDDIEROCKSP

    ResponderExcluir
  3. Moranguinho...........você é simplesmente a melhor!!!!
    vamos nos encontrar qualquer hora, ok? nós três!!
    beijão
    edu TAM

    ResponderExcluir
  4. Eeee morango que saudade de ler seus relatos, simplismente maravilhosa e sempre me deixando louco ..rsrs bjus linda

    ResponderExcluir
  5. Morango q saudades gostosa vc e um tzao meu pau ta explodindo d tzao

    ResponderExcluir
  6. faltou a carinha cheia de porra bjos delicia to de pau duro que tesão de mulher

    ResponderExcluir
  7. SOBRE A ESPOSA SAIR SOZINHA: Todos os caras com quem fizemos menage, ficaram inibidos com minha presença. Prova disso foi um dels que na 3ª vez, minha esposa saiu sozinha. Minha esposa disse que foram 2 horas de muita safadesa no motel, onde o cara ficou muito mais solto e safado. Fazia muitas perguntas para minha esposa e diziam que o sonho dele era que a esposa dele fosse como ela e que eu era um marido de sorte por ter uma esposa que fazia sexo com outros na frente dele. Qdo eles tomaram banho juntos, pediu para gozar na boca dela minha esposa e ela passar tudo para a boca dele, para ele engolir. Coisa que a esposa não fazia com ele.

    ResponderExcluir