domingo, 7 de outubro de 2012

Um Tapinha não dói sexo de quatro (por Sra. Morango)

Olá amores! Faz tempo que não escrevia no blog para vocês, e hoje vou falar da paixão nacional e o que isto interfere em mim. Sim senhores e senhoras vou falar do bumbum.

Eu sempre tive o bumbum avantajado desde a minha adolescência e nesta época eu tinha muita vergonha, então eu sempre usava uma blusa de frio amarrada na cintura, mesmo se estivéssemos em um verão de 32 graus as 5 da tarde. Se eu fosse sair na rua, lá ia eu com a blusa na cintura.

As calcinhas que eu usava sempre eram as grandes, aquelas que pega o bumbum inteiro, achava ser mais confortável. Quando ia a praia com as minhas amigas nunca usava biquíni pequeno, pois eu morria de vergonha e sempre me achei muito feia e achava que não tinha nada de bonito para mostrar.

Depois da minha maioridade passei a não mais usar a blusa na cintura, mas o meu bumbum foi se destacando mais. Ele ficou maior e como eu sou bem branquinha ficava corada quando percebia que tinha algum homem me secando quando eu passava na rua. Lembro de uma ocasião na praia em que eu estava com as minhas amigas e cada uma de nós arrumou um peguete para dar uns beijos, o cara que ficou comigo quando estávamos na areia vendo o por do sol, ele encochou meu bumbum e ficou rapidamente de pau duro, nesta época meu biquíni já tinha diminuído um pouco.

Quando eu comecei a transar comecei a sentir na pele literalmente a paixão dos homens pelo bumbum, eu sempre levava aqueles tapas na hora da transa e comecei a ter gosto pela coisa. Foi nessa época que comecei a gostar e muito de receber cantadas a respeito não só do meu bumbum, mas também de mim como um todo. Gosto de saber que sou desejada por outros homens e que eles me acham gostosa.

Lembro de uma ocasião em que liguei de madrugada para uma rádio daqui de São Paulo para fazer novas amizades e quando fui questionada a respeito das minhas características falei que era branquinha, lábios carnudos e bumbum grande, pronto lá estava eu fazendo estimulando a imaginação do povo com a paixão do brasileiro hahahahaha recebi tantas ligações naquela época que eu tive que terceirizar o meu celular para outras pessoas me ajudarem a atender as pessoas.

Conheci um cara legal e começamos a sair, eu sou uma mulher que no primeiro encontro gosto que a pessoa  tenha pegada, já que pegou que faça direito né gente. E esse cara adorava pegar no meu bumbum, apertar  e encher a mão mesmo no sexo sempre rolava aqueles tapas... Eu tinha um vizinho que quando vinha na casa da minha mãe não perdia a oportunidade de tirar uma casquinha do meu bumbum, seja para olhar, passar a mão meio que sem querer, ou até mesmo quando começamos a ficar, ele vinha em casa quando estava sozinha, me pegava na cozinha me colocava de quatro no sofá de casa e metia em mim com muito tapa no bumbum. Pronto, esta virou a minha prática favorita.

Até porque quem é mulher sabe e se perguntar para 10 mulheres qual a sua posição favorita pelo menos 8 vai responder que é de quatro. Dar de quatro é gostoso porque o pau vai mais fundo, a sensação é outra, é mais gostosa, mais intensa, e não é só a mulher brasileira que gosta do esporte de quatro não viu, essa posição é mania mundial, então amores a melhor forma da mulher gostar da sua foda e incluir na sua performance na cama um bom sexo de quatro.

Depois de casada meus costumes mudaram de novo. Abandonei as calcinhas grandes que usava por achar confortável pelas fio dental que o Sr. Morango comprava para mim, ele sempre fala que meu bumbum foi feito para usar só calcinha fio dental sendo a maior de todas aquelas estilo asa delta hahahaha. No começo foi difícil me acostumar, no começo do meu namoro com o Sr. Morango, se eu me lembro, só tinha 3 calcinhas fio dental e só usava quando ia transar.

Hoje em dia só consigo usar calcinha pequena, não consigo mais usar essas calcinhas que pegam nem que seja uma parte do bumbum, para mim calcinha tem que entrar todinho no bumbum, se não eu não uso. E uma dica para mulheres, calcinha fio dental não é desconfortável como muita gente pensa. É apenas questão de costume, e nós mulheres ficamos muito mais bonita e sensual utilizando-a. E os homens adoram ver aquela bundinha com uma calça colada, ou até mesmo um vestido demarcando um fio dental marcando 11:05 (asa delta) ou até mesmo 12:00 (as mais cavadas).




Mas voltando aos tapinhas... Depois do Sr. Morango os tapinhas começaram a ficar muito mais gostoso, pois o Sr. Morango quando me pega de quatro mete bem rápido e bem lá no fundo, e além de dar aquele tapinha gostoso no meu bumbum ainda puxa meu cabelo, amores, eu já perdi a conta de quantas vezes gozei nesta posição.

Aqui em casa o Sr. Morango já me pegou de quatro em tudo quanto é canto, seja no sofá da sala, seja na cama, na mesa da cozinha e a sensação é sempre ótima. E ele não gosta de tirar a calcinha que estou usando, como ela é sempre bem pequena ele só a coloca de ladinho e mete bem gostoso, no começo devagarinho colocando todo o pau, depois vai aumentando a velocidade, chega um determinado momento que as bolas já esta batendo na minha xaninha.

Outra coisa super gostosa que eu gosto de fazer quando estou de quatro é levar uma chupada no bumbum, isso eu aprendi com o Sr. Morango, porque até então desconhecia o quanto isso é gostoso. Ele começa lambendo o bumbum, primeiro um lado e depois o outro e com a língua vai chegando no meio até alcançar a xaninha aí ele começa a lamber o grelinho fazendo eu ficar toda molhada e soltar gemidos bem altos de tesão.

Não satisfeito o safado do meu marido ainda passa a língua no meu cuzinho (eu sempre fico com o cuzinho piscando quando estou recebendo uma chupada gostosa) e isso me faz estremecer de prazer e quase que implorar para receber uma rola bem gostosa naquela posição toda submissa e com o bumbum bem empinado.

Mas a melhor foda que eu tive de quatro até hoje não foi com o Sr. Morango e sim com um safado que me pegou de jeito no swing, ele era todo fortão cheio de tatuagens e sabia tratar uma mulher na cama como ninguém. Além de me fazer gemer feito uma descontrolada ainda deu cada tapa gostoso no meu bumbum que só de lembrar já me dá até coisas.

Aquele menage foi bem gostoso, enquanto metia bem gostoso na minha xaninha eu chupava a rola do Sr. Morango, as vezes a pegada daquele cara era tão gostosa que eu ficava sem saber se chupava meu marido ou se gemia para aquele puto que me comia.

Ele dava tapinhas com uma mão e as vezes com as duas enquanto me fodia, o Sr. Morango até ficou impressionado e disse depois que nunca me viu gemer tanto durante uma foda, e eu tenho que concordar com o meu marido, aquele cara me pegou gostoso, tanto é que fiquei com as marcas das mãos dele no meu bumbum durante uns 4 dias pelo menos.

Então, para você que é mulher e ainda não explorou esse lado gostoso do sexo, introduza isso com o seu parceiro, pois dar de quatro e levar uns tapinhas quando o nosso fogo esta incontrolável é muito bom, e vocês homens ainda não pegou sua mulher deste jeito, já passou da hora de deixa-la mais do que satisfeita na cama.



Beijos e mordidas para todos vocês!

Sra Morango 


2 comentários:

  1. O relato da Sra Morando é o que faço com a patroa, essa posição realmente é de deixar qualquer mulher arriada de quatro, ainda mais com uns tapinhas no bumbum. Não sei se você faz isso Sra. Morango, mas quando pego a patroa de quatro sempre faço caricias na xaninha dela, ela fica ainda mais com tesão. Carlos @kasalquente78

    ResponderExcluir
  2. Sr. Morango - Quando a pego de quatro algumas vezes ela bate uma siririca ou até mesmo acaricia as minhas bolas. As duas formas São super excitantes.

    ResponderExcluir