terça-feira, 9 de outubro de 2012

O lado mais gostoso da Morango (por Sr. Morango)

Já sou casado com a Morango a alguns anos, e já contamos aqui no blog o começo de toda a nossa tara pelo mundo liberal. Porém hoje vou falar de um lado bem mais safado da Morango e que eu adoro.

Eu já contei para vocês aqui a respeito do boquete da Morango que é delicioso, e foi através dele que ela me mostrou uma forma diferente de sentir prazer e igualmente prazerosa (ou até mesmo maior).Sempre que tinha oportunidade fazia algumas putarias com a Morango, e nunca tinha hora ou lugar, eu só precisava de oportunidade e vou contar algumas para vocês:


No começo do nosso namoro trabalhávamos juntos e era no período da tarde, então sempre pegávamos o ônibus vazio e eu gostava muito de sentar no fundão. Em uma destas idas para o trabalho eu estava no último banco no lado da janela com a Morango do meu lado, quando eu coloquei a mão dela no meu pau, mas por cima da minha calça (não havia ninguém nos bancos próximos).


Ela ficou acariciando meu pau por cima da calça até ele começar a se manifestar e crescer dentro da minha calça, quando isso aconteceu ela olhou nos meus olhos e deu um apertão gostoso no meu pau, e para a minha surpresa ela o colocou para fora.


Meu pau tava muito inchado de tesão e ela começou a bater uma punheta deliciosa para mim no ônibus. Eu estava com uma pasta na mão e a segurei deitada acima do meu colo para que não houvesse a oportunidade de alguém observar caso alguém se levantasse para descer do ônibus.


Porém o mais complicado disso tudo foi me controlar para não gemer, já que conforme a Morango me punhetava o pau começava a babar e pulsar se tanto tesão, mas infelizmente não ficamos tanto tempo nesta brincadeira pois o ônibus começou a encher.


Algo parecido com isso já nos aconteceu também no cinema, só que desta vez ela queria que gozasse de qualquer forma. Eu nem conseguia prestar atenção no filme e gemia baixinho ao sentir a mão macia da Morango percorrendo se forma suave todo o meu pau, desde a cabeça até as bolas, passando a mão nas bolas e subindo com a mão de novo pela base do pau até a cabeça e em seguida batendo uma punheta.


Eu sentia que meu gozo já se aproximava e pedia para ela parar, e ela dizia que não, pois queria que eu gozasse bem ali no cinema melando toda a mão dela de porra, só que eu não podia gozar pois se acontecesse com certeza ia espirrar porra em alguém, e fui argumentando com ela, até que ela concordou comigo e parou com aquela gostosura. Claro que depois que chegamos em casa eu dei um belo de um banho de porra nos seios dela, que são uma delicia. Abaixo a foto da obra de arte:



(Morango toda meladinha)

Nenhuma destas putarias eram planejadas acontecia de momento e a Morango sempre me surpreendia com estas putarias gostosas, só que eu também não ficava atras, e lembro que estávamos com a familia dela na sala assistindo um filme a noite e nós estávamos sentados no sofá, no caso dela deitada no meu colo.

Durante o filme eu levantei a mini saia dela, por debaixo da coberta e passei a alisar a buceta dela que como sempre estava raspadinha (não sei vocês, mas eu adoro uma buceta totalmente depilada) e passei a siriricar aquela bucetinha que como já relatei em outras oportunidades é inchadinha e bem gulosa.


Ela tentava segurar os gemidos e os meus dedos passavam a siriricar ela bem devargazinho e depois passou a aumentar a velocidade. Primeiro em movimentos de cima para baixo e depois em movimentos circulares, nisso eu comecei a sentir que meus dedos já estavam melados com o melzinho da buceta dela, e para melhorar coloquei um dedinho dentro daquela bucetona e depois coloquei dois dedinhos.


Ela gemia bem baixinho e começava a rebolar nos meus dedos, ela ainda deitada no meu colo levantou o quadril para uma melhor mobilidade e rebolava na minha mão de forma circular enquanto eu alisava o grelo dela com dois dedinhos, as vezes eu colocava três dedos e fiz isso até ela gozar, como no meu colo tinha um travesseiro ela abafou o gemido com ele. E ninguém da família percebeu.


Essas brincadeiras que fazemos de surpresa um com outro é sempre excitante, principalmente pela adrenalina de alguém poder nos ver. Já aconteceu por exemplo de estarmos em casa na sala com um casal de amigos (que não curte o mundo liberal) e eu colocar a Morango para chupar. Vou explicar como fiz isso:


O casal amigo nosso estava no sofá da sala e nós estavamos deitado no chão enconstado em um outro sofá que era um pouco atrás deste primeiro, e como os dois estavam vidrados na tela da televisão vendo o filme, eu cobri a cabeça da Morango, coloquei a rola para fora e deixai a disposição para ela escolher o que faria a partir daí. A escolha dela obviamente foi uma boquete.


Desta vez eu que tive que me segurar para não gemer, pois ela estava realmente caprichando na chupada, ela chegava a sugar a cabeça do meu pau, me deixando com muito tesão, porém esta putaria silenciosa não passou despercebida pela nossa amiga que estava vendo o filme, graças a alguns "estalinhos" que a Morango fazia enquanto me chupava. Já o marido não percebeu nada.


Mas a brincada mais gostosa que a Morango já fez comigo, foi no nosso quarto fechado somente entre nós dois, nem sempre nos boquetes eu gemia, o intuito era fazer com que ela sempre chupasse de forma mais gostosa, para conseguir arrancar um gemido de mim.


A Morango ficou na cama de joelhos e eu em pé em cima da cama, e ela começou a me chupar. O boquete da Morango é bem quente e molhadinho, ela me diz que chupar pau a deixa com água na boca por isso ela baba bastante no pau, chegando a sair pelos lados da boca, e isso realmente é maravilhoso de ver e sentir.


E neste boquete que ela me fazia com uma das mãos ela batia uma punheta e com a outra mão ela arranhava as minhas coxas, e essa outra mão subiu para as minhas bolas e ficava massageando meu saco enquanto lambia a cabeça do meu pau, ou dava leve mordidinhas.


Ela começou a arranhar minha bunda, naquele momento estava com os olhos fechados, só sentindo a minha pele ficar arrepiada com as unhas, a boca e a mão dela me punhetando. Naquele momento eu estava completamente entregue aos carinhos deste tesão de mulher, que alisava e dava tapinhas no meu bumbum enquanto me chupava.


E foi neste momento que ela se aproveitou do meu momento de imenso prazer e com toda a calma e tranquilidade possível começou colocar aquele dedo molhadinho no meu cuzinho. Nesta hora eu abri os olhos meio assutado e olhei para baixo, ela estava me olhando com uma cara de puta safada e me disse quase sussurrando "relaxa amor, eu sei que você vai gostar".

E eu comecei a sentir o dedinho dela entrando bem devagarinho no meu cu e ela conforme o fazia, colocava o meu pau todo na boca, e aquilo foi me dando muito mas muito tesão mesmo, quanto mais fundo ia o dedo dela no meu cu, mais fundo ia o meu pau na boca dela.


Olhei para ela e comecei e gemer,e ela olhou para cima, deu um sorriso safado e disse "sabia que você ia gostar seu safado" então ela começou a bater punheta mais uma vez e enquanto eu gemia colocou dois dedinhos no meu cu, nossa que delicia estava aquilo, eu sentia tanto tesão que o meu pau estava babando, e estava caindo tudo no decote da Morango.


Ela parou de bater e ficou admirando meu pau tesudo (parou de bater mas os dedos continuavam trabalhando no meu bumbum) ela olhava e falava "nossa seu pau ficou até maior com o dedo no cu" "olha como ele baba gostoso de tão bom que está".


E a safada tinha toda razão eu estava sentindo um tesão completamente diferente de tudo que eu já havia sentido e jamais imaginei que sentiria tanto tesão em um fio terra. Ela ficou somente metendo o dedo no meu cu, ela colocou a outra mão na buceta e me mostrou o quanto estava melada com aquela brincadeira.


Ela me falava "olha seu puto como eu estou molhadinha só de enfiar o dedo no seu cu" "seu cuzinho esta tão guloso que já engoliu 2 dedos todinhos. Ela tirava o melzinho da buceta dela e me dava para lamber todinho.


Ela batia uma siririca e me enfiava os 2 dedos no bumbum e eu claro, gemia e gemia muito, chamando aquela ruiva gostosa de safada de cachorra e disse que ia gozar. Ela então parou de bater a siririca e começou a bater uma punheta para mim com dos dedos socados no meu cu.


Não demorei muito e gozei feito um louco na cara dela, a porra parecia que não ia acabar mais, e ficou vendo esta cena com um sorriso cada vez mais safado e bem satisfeito. Ela perguntou se eu havia gostado da experiência, eu respondi que adorei, ela falou que tinha amado me ver gemendo com o fio terra.


Para fechar bem a putaria eu chupei a buceta da Morango toda melada de tesão até que ela gozou tudo na minha boca.

E foi assim que eu descobri um lado diferente da Morango e que me deixou muito excitado. O lado mais gostoso da Morango, com certeza.





2 comentários:

  1. Otimo post e confesso que tive uma experiêcia do fio terra assim tbm, o prazer é completamente diferente. Acho que a cerveja devassa é uma homenagem a morango, he he he. carlos @kasalquente78

    ResponderExcluir
  2. Sr. Morango - Realmente amigo, eu não imaginava até então o quanto era gostoso. E agora eu sempre peço para a Morango e adoro quando ela faz.

    ResponderExcluir