sábado, 29 de setembro de 2012

A minha amiga transou com a Morango (Por Sr. Morango)

Amigos, o que vou contar para vocês aconteceu no ano passado, eu no começo não imaginava que daria certo, mas mesmo assim eu arrisquei.

Eu sempre soube que a Morango tinha vontade de ficar com outra mulher e que isso a deixava cheia de desejos, porém ele nunca teve coragem de fazer isso e eu como qualquer outro marido que descobre essa fantasia da esposa fiquei cheio de tesão e vontade de realizar isso logo.
Porém não é fácil encontrar alguém de confiança e ao mesmo tempo que tenha a mesma vontade, então essa fantasia eu sempre deixei em stand by pois não fazia a mínima idéia de quando poderia realizar. Mas sempre tocava no assunto com ela mostrando contos de lésbicas, vídeos de sexo entre mulheres e coisas deste tipo.

E assim foi durante muitos meses até que no ano passado a minha sorte começou a mudar...
Eu tenho uma amiga de muitos anos e nós sempre falamos sobre sexo, porém sempre de sexo entre homem e mulher até que um dia estávamos almoçando juntos e o assunto como sempre era sexo, e desta vez veio o assunto de sexo entre mulheres foi quando para a minha surpresa ela me disse que sempre teve vontade de transar com outra mulher, até tinha chegado a ficar com uma, mas que não havia passado de beijos.

Conforme ela ia me contado a sua fantasia eu via uma chave para enfim realizar a fantasia da Morango e por tabela a minha também obviamente.

Quando ela terminou de falar foi a minha vez de citar que eu e a Morango também tínhamos o desejo de ter outra mulher na nossa cama (essa minha amiga também conhece a Morango pessoalmente) e que não tínhamos encontrado ninguém de confiança e que também tivesse a mesma fantasia. No caso a Morango queria sentir o gosto de outra mulher e eu queria somente participar como vouyer. Foi quando ela me disse que sempre achou a Morango gostosa e só de imaginar a boca dela naquele momento ela estava ficando molhadinha.


Não acreditando no que meus ouvidos escutavam a indaguei se realmente ela transaria com a Morango para eu ver, a resposta dela foi afirmativa, ela dizia que sempre que eu contava como a Morango era na cama ela sempre se imaginou chupando a minha mulher e sendo chupada por ela enquanto a putaria rolava solta.

Nossa depois desta conversa eu não via a hora de chegar em casa logo e contar a "novidade" surpreendente da nossa amiga para a Morango. Chegando em casa contei tudo e a primeira reação da Morango foi a recusa imediata, porém queria maiores detalhes de como chegamos neste assunto, como eu tive coragem de contar isso para uma amiga pessoal e ela começou a falar que não teria coragem de olhar para ela depois disso. A Morango enquanto falava isso, ela dava risadas tipo como se não estivesse acreditando em tudo que estava ouvindo.

Contei a ela que não participaria da transa e que somente queria observar a cena de sexo ardente que as duas iriam protagonizar e que ficaria somente na punheta pois o que eu queria mesmo era realizar a fantasia da minha esposa amada e já que as duas tinham a mesma vontade nada mais justo de unir o útil ao agradável. No dia seguinte levei uma calcinha fio dental vermelha usada pela Morango no dia anterior no trabalho da nossa amiga e em um lugar reservado eu vi todo o tesão que ela sentia no momento, cheirar, lamber, morder, aquela calcinha que nem lavada estava e me disse que queria muito sentir o sabor da minha Morango. Não resisti aquele momento e tirei algumas fotos dela brincando com a calcinha da Morango. Aquela calcinha deixou a minha amiga maluca de desejos.


Ao chegar em casa tirei a calcinha que estava no meu bolso e a Morango perguntou o que eu fazia com a calcinha dela no meu bolso, sem falar nada peguei o celular e mostrei para ela as fotos. A Morango ficou impressionada com a minha ousadia e com a coragem da nossa amiga e enfim ela viu que o que eu estava tramando não era brincadeira.

A nossa amiga mandou um SMS para o celular da Morango contando como foi gostoso cheirar a calcinha dela e que toda a noite ela estava batendo uma siririca imaginando a buceta carnuda da minha mulher. As duas começaram a conversar por telefone e mensagens de texto e combinaram de se encontrar no shopping Morumbi no Sábado daquela mesma semana. A Morango me disse que era só um encontro que poderia ou não rolar alguma coisa, que nem eu e nem ela poderíamos ter nenhuma expectativa sobre nada. Passei as instruções para a nossa amiga e assim fomos para o encontro.

Antes de nos encontrarmos a Morango colocou uma calcinha extra na bolsa (o que é normal, ela sempre deixa mais de uma tanguinha na bolsa) mas também colocou gel para sexo oral e sabonete intimo. Eu fiquei somente olhando e imaginando o que estaria passando na mente dela, já que não éramos para ter nenhuma expectativa.



Chegando lá andamos, vimos algumas vitrines e andamos pela praça de Alimentação, o assunto era somente de coisas banais, nada relativo a sexo, andávamos os 3 de mãos dadas a minha mão e da nossa amiga estavam geladas, e a Morango super descontraída. Chegou a hora de ir embora e eu vi que realmente não seria aquele o dia...

Quando na saída a Morango olha para mim e pergunta o que iríamos fazer a partir daquele momento, eu disse que não sabia e indaguei a nossa amiga que por sua vez disse que para onde nós propusermos ir ela iria conosco.

Olhei para a Morango e ela estava me olhando esperando a minha decisão, foi quando eu disse que ver as duas de mãos dadas estava me deixando cheio de tesão e com a imaginação a mil cheia de safadeza sobre o que as duas poderiam aprontar juntas, a Morango então diz: "o que faremos a respeito?" e eu respondi que tinha um lugar onde poderíamos nos divertir bastante...

Continua...

Obs: Pessoal para que a leitura não fique exaustiva vou separar este relato em duas partes caso estejam gostando comentem que em breve postarei a segunda parte ; )
(As fotos foram tiradas por mim para ilustrar - Sr Morango)

Forte abraço!
Sr Morango

Um comentário:

  1. Poxa na hora do melhor o Sr Morango cortou, nos resta esperar pela segunda parte desse encontro. Carlos Souza @casalquente

    ResponderExcluir